Árbitro que apitou a final polêmica do Paulistão em 2018 vai integrar quadro de arbitragem da Paraíba

Foto: Marcos Ribolli
O amistoso entre Botafogo-PB e Serrano-PB no último sábado teve uma presença ilustre no gramado. O jogo amigável foi apitado pelo paulista Marcelo Aparecido de Souza. O juiz aproveitou a ocasião para confirmar o seu ingresso no quadro de arbitragem da Paraíba. Ele vai participar do Campeonato Paraibano e será um dos árbitros CBF do estado.
A sua entrada surge em um momento em que a Federação Paraibana de Futebol (FPF) precisa de uma renovação em seu quadro. Uma renovação bem forçada, diga-se. Em novembro do ano passado, nove árbitros e auxiliares paraibanos foram banidos do futebol, após investigações que concluíram que havia uma organização criminosa que manipulava resultados no futebol do estado.
O caso segue sem julgamento na Justiça Comum, mas na Justiça Desportiva a questão já foi definida, com diversos banimentos e suspensões de árbitros e dirigentes paraibanos.
Com a saída do carioca Pablo Alves do quadro da Paraíba - por conta de sua aposentadoria dos gramados - e com a situação do paraibano Renan Roberto ainda indefinida no quadro nacional, Marcelo Aparecido passa a ocupar o posto de principal árbitro do quadro estadual no cenário nacional.
    - Eu agora sou árbitro CBF da Federação Paraibana de Futebol. Esse convite partiu daqui, da doutora Michelle e do Arthur. Estou muito lisonjeado e espero contribuir um pouco com o futebol da Paraíba. Eu vejo isso com uma missão. Nós viemos para cá para ajudar nessa transformação, nessa mudança - avaliou o árbitro.
Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza tem 46 anos e é natural de Diadema, em São Paulo. O árbitro saiu do quadro da Federação Paulista de Futebol porque na política de renovação da entidade os juízes só podem atuar até os 45 anos. A sua despedida no futebol paulista foi na final do Paulistão de 2018, entre Palmeiras e Corinthians.
A sua atuação foi marcada por uma polêmica e muitas críticas, após ele ter voltado atrás na marcação de um pênalti em cima do atacante Dudu, do Verdão. O Palmeiras vetou o árbitro em jogos do time até o fim de sua carreira. Em 2017, Marcelo Aparecido apitou a ida da final da Copa do Brasil, quando Cruzeiro e Flamengo empataram por 1 a 1 no Maracanã.

Por Pedro Alves 
Globoesporte.com/João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador