JOVENS TALENTOSOS ! Chuteiras de ouro para os destaques de 2018 no Futebol Potiguar.


A Confraria do Futebol, formada por amantes do ESPORTE BRETÃO, vai fazer uma boa feijoada e 2 atletas vão ser homenageados. O Netinho e o Ronaldo são as gratas revelações do futebol potiguar em 2018, merecem aplausos e vão receber as chuteiras douradas como forma de reconhecimento da Confraria aos jovens talentos do futebol regional.
Não foi a Confraria quem elegeu os dois, mais sim o site Futebol do RN. O fato é que  Confraria concordou 100% com os dois nomes apontados. Tudo nasceu através de um torcedor que indagou (ao site) qual o destaque do campeonato potiguar, tendo o portal optado em escolher dois nomes ao invés de um, sendo assim, o meia Ronaldo e o versátil Netinho foram os escolhidos. Realmente, deixar um deles de fora (da premiação) seria uma imensa injustiça.
Curiosidade do leitor provocou uma boa resposta do site Futebol do RN.


Quem é quem ?
Nem todos sabem quem são os jovens homenageados, então, é hora de escrever um pouco sobre estes FERAS da bola. 

Netinho, disputou o campeonato potiguar 2018 (2ª) vestindo a camisa do Palmeira. Jogou de ponta, centroavante e meia. Mostrou ser uma peça versátil.
É sempre legal saber de histórias fora dos gramados. Netinho e Ronaldo, cada um a seu modo, são bons exemplos. Vamos lá! É hora de abrir o baú do futebol.
Netinho, momento antes do chute ao gol.
Nascido na Paraíba em 1997, criado no Rio Grande do Norte, Netinho é um atleta de passadas largas e rápidas, foi o curinga do técnico Marquinhos em 2018. Jogador versátil, jogou de ponta, meia atacante e até de centroavante. Joga também de segundo volante em razão de suas passadas largas e velozes, descendo pelo corredor central do campo. Jogador de 1m82cm, rápido, deu muito trabalho aos seus marcadores. Iniciou sua carreira Santa Cruz ( do interior potiguar ), foi levado para o ABC pelo olheiro Moura, depois foi para o Náutico de Recife, em seguida desembarcou no Rio de Janeiro e foi para o Vasco da Gama. Não parou por aí, recebeu convite do futebol europeu e foi para a Alemanha, época em que jogou em Bradembugo.
Netinho, ao fundo vemos o Portão de Bradembugo.
Netinho não teve problema com o frio alemão, disse que um café quente sempre resolvia bem.
Netinho decidiu retornar ao Brasil em busca do imenso sonho de criança, ou seja, queria jogar ao menos uma Copa São Paulo em sua vida, decisão que não deu certo e custou muito caro em sua jovem carreira! Não foi uma boa decisão voltar ao Brasil naquela época pois vivia um bom momento na Alemanha. Deveria ter renunciado ao sonho de jogar a Copa São Paulo. Após  essa e outras desilusões... o Netinho decidiu abandonar o futebol.
O regresso ao futebol se deu naturalmente. Tempos depois de pendurar as chuteiras, seguindo o CONSELHO de família e amigos, decidiu retornar aos gramados e voltou a brilhar. No primeiro semestre de 2018 ele esteve no futebol mineiro, neste segundo semestre retornou ao lar do futebol potiguar.
Após essa boa sequência de 2018, ninguém vai parar mais o Netinho. Jogador novo, veloz e agora com a mente mais forte para enfrentar as rasteiras que o futebol dá. Costuma dizer aos garotos de sua cidade, principalmente da escolinha, que o futebol requer renúncia  de noitadas, muito treino e dedicação ao trabalho. Netinho vai começar 2019 disputando o campeonato potiguar profissional da 1° divisão, mas dificilmente vai até o fim pois tem gente querendo levá-lo para outro clube. Tem muito observador de olho e o Netinho deverá pegar o avião para fora do Rio Grande do Norte ou, quem sabe, vai atravessar o Oceano Atlântico e retornar para Europa. Só o tempo dirá o seu futuro. Para quem se adaptou muito bem ao frio da Alemanha e aos esquemas táticos da Europa, cremos que realmente vai pegar o próximo avião. Seu futuro? Tem tudo para ser brilhante.


Vamos agora falar sobre o Ronaldo, talento que brilhou no futebol Potiguar em 2018.
Herói do Alecrim na classificação para a decisão da segunda divisão do Campeonato Potiguar, marcando dois gols na semifinal contra o Visão Celeste, o meia Ronaldo, de 23 anos, viveu dias felizes dentro dos campos (em 2018). Mas nem sempre foi assim. Titular em todas as partidas do Verdão na competição e decisivo no mata-mata, ele voltou ao futebol apenas neste semestre, após dois anos longe das quatro linhas.
Ronaldo, antes do retorno ao futebol, estava trabalhando em um mercado.
Neste período, trabalhou em um supermercado na sua cidade natal, Monte Alegre, na Grande Natal, para poder ajudar a família e quase viu seu grande sonho ir embora, já que as oportunidades não apareceram neste período.
Pensei e quase acreditei que tudo estava perdido. Não tinha a esperança de jogar, de mais nada. Mas a fé nunca perdi. Chorei muito, chorava às vezes lembrando do que eu vivi, do que eu tinha passado, mas, graças a Deus, com minha fé, determinação, força de vontade, deu certo - conta.

De lá até a chance no Alecrim, após dois anos e seis meses, ele ficou sem atuar por um clube profissional. Mas não parou de treinar, na expectativa de que uma nova chance poderia aparecer.
- Foi frustrante. No começo, eu fiquei muito abatido, mas nunca perdi as esperanças. Tive que trabalhar para dar o sustento à minha família, mas sempre treinando. As vezes que eu tinha folga, ia treinar, ia pra areia, academia, sempre focado, porque eu sabia que, se um dia a oportunidade chegasse, eu tinha que estar preparado. Então, ela chegou e eu estava preparado - conta.
Fonte: Globo.com (fotos e texto sobre o Ronaldo). 
O texto sobre o Netinho é de autoria do Portal Esporte do Vale. 
As fotos do Netinho foram cedidas pelo atleta.
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador