Causos & Lendas do Nosso Futebol: Você lembra de Assis Paraíba

No dia vinte de novembro de 1955 nascia Francisco de Assis Silva, um garoto que foi crescendo  sempre em contato com a bola de futebol nos bairros de Campina Grande. Quando foi em 1970 ele começou a integrar as categorias de base do Treze Futebol Clube.
Apenas três anos depois, o garoto já estava integrado ao departamento profissional do Galo da Borborema e com o passar dos anos ficou conhecido pelo apelido de “Assis Paraíba”, um meio campista diferenciado, clássico, de passes precisos e de privilegiada visão de campo.
Seu estilo de jogo já havia ultrapassado as fronteiras do nosso estado, o que levou o nosso craque a jogar em vários times vencedores, como o Tiradentes do Piauí. Lá  foi campeão invicto e escolhido como uma das promessas do futebol brasileiro. Por pouco não foi transferido para o todo poderoso Fluminense, que era presidido por Francisco Horta e estava formando a temida máquina da década de setenta, com Rivelino, Paulo Cesar, Marinho Chagas e companhia.
Do Tiradentes ele foi contratado para compor o esquadrão do Sport Clube do Recife, a então denominada seleção do nordeste. O time recifense formou a sua melhor equipe de todos os tempos, pois vinha de um jejum de doze anos sem título. Assis Paraíba comandava aquele meio de campo, o time sagrou-se campeão e o gol do jogo final foi de sua autoria. Dois títulos estaduais foram conquistados com a camisa rubro-negra, em 75 e 77.
Também conquistou cinco vezes o campeonato estadual defendendo as cores do Fortaleza, marcando época com a camisa do tricolor cearense. Até hoje os torcedores das terras de José de Alencar se lembram das suas matadas de bola no peito com maestria.
Assis Paraíba também mostrou a sua categoria na Arábia Saudita, quando a sua equipe conquistou a cobiçada Copa do Rei, o principal campeonato daquele país. Nessa temporada teve a companhia do craque Rivelino que também jogava naquele país distante.
Quando próximo de encerrar a sua exitosa carreira, Assis Paraíba vestiu a camisa do Campinense Clube, o time de coração de sua mãe e de seus familiares, como os seus irmãos Valdeci e Zé Lima, que também foram bons jogadores profissionais.
Quando no auge de sua carreira, Assis Paraíba foi convocado por três vezes para vestir a camisa da Seleção Brasileira, onde jogou ao lado de Roberto Dinamite, Zico e outros craques do futebol nacional.
Ele também teve pequenas passagens pelos times do Bangú, do Ceará e do Paulista de Jundiaí. Ao aposentar-se retornou para a sua prazerosa cidade de Campina Grande, onde reside.
Para nós, torcedores, cronistas e desportistas ficou a certeza de que Francisco de Assis Silva, o popular "Assis Paraíba",  escreveu o seu nome com tintas douradas e perpétuas na brilhante história do futebol paraibano.

Serpa Di Lorenzo
Membro Pleno do TJDF PB, da ACEP e APBCE
falserpa@oi.com.br
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador