Esporte de Patos solicita que a FPF paralise a 2ª divisão até que o caso da Perilima seja julgado

Presidente Dario Leitão(Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Após o Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJDF-PB) determinar a suspensão da partida entre Perilima e Sport-PB, pela semifinal da 2ª divisão do Paraibano, a diretoria do Esporte de Patos solicitou que a Federação Paraibana de Futebol (FPF) suspenda também o jogo entre o Patinho e o São Paulo Crystal, pela mesma fase da competição. O TJDF-PB determinou a suspensão do duelo entre a Águia e o Carneiro até que o clube de Campina Grande seja julgado pela suposta escalação irregular de um jogador. E os dirigentes do Esporte de Patos entendem que é prudente que a outra semifinal também seja suspensa até que o caso seja resolvido.
Em um ofício enviado para a FPF nesta segunda-feira - e assinado pelo presidente do Esporte de Patos, Dário Leitão Nunes -, o Alvirrubro alega que, caso a Perilima seja julgada e punida futuramente, isso interferiria em toda a classificação da primeira fase da 2ª divisão e, consequentemente, alteraria os confrontos das semifinais. Assim, para o clube sertanejo, "manter a partida de semifinal entre São Paulo Crystal x Esporte de Patos ocasionaria prejuízos para os clubes, pois estes teriam maiores custos com uma partida que não agregaria valor para o campeonato".
Na última sexta-feira, o TJDF-PB concedeu uma liminar ao Sport-PB, suspendendo o confronto com a Perilima, até que o time de Campina Grande seja julgado por ter supostamente escalado o meia Brenno Yuri de maneira irregular em cinco jogos da primeira fase da 2ª divisão. A denúncia ainda deve ser examinada pelo tribunal.
Enquanto o caso da Perilima não é resolvido na justiça desportiva, o Esporte de Patos acredita que seria melhor que a outra partida da semifinal, entre o clube e o São Paulo Crystal, também não aconteça.
No documento, a diretoria argumenta que "é prudente, portanto, que a partida de semifinal a ser realizada entre São Paulo Crystal x Esporte de Patos, no dia 31/10, também seja suspensa até a decisão da justiça, visto que, caso a Desportiva Perilima seja punida com a perda de pontos ou exclusão do campeonato, a ordem de classificação da primeira fase será modificada e a tabela deverá ser refeita, formando novos confrontos de semifinais".
De fato, se a Perilima for julgada e punida, o cruzamento nas semifinais será alterado. Caso o clube de Campina Grande perca na forma da lei desportiva os pontos das partidas em que utilizou irregularmente Brenno Yuri, o time não passaria de fase e amargaria a lanterna do Grupo do Agreste. Com isso, o São Paulo Crystal avançaria como o melhor líder da fase de grupos e o Femar se classificaria como o melhor segundo colocado. Eles se enfrentariam numa semifinal, enquanto que Esporte de Patos e Sport-PB jogariam a outra.
Agora, os clubes esperam pela resposta da Federação Paraibana de Futebol (FPF) sobre o acatamento da liminar do TJDF-PB e também sobre o ofício do Esporte de Patos. A FPF já confirmou que vai acatar a determinação do TJDF-PB, mas ainda não oficializou a suspensão de Perilima x Sport-PB.

Por GloboEsporte.com 
João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador