ELEIÇÕES DA FPF: Presidente de clube amador se contradiz sobre apoio a Michelle e deve confirmar voto em Eduardo

Foto: Hévilla Wanderley/GloboEsporte.com
Mais um episódio polêmico foi destaque na trama das eleições da Federação Paraibana de Futebol (FPF). É que o presidente do Boa Vista, clube amador de João Pessoa, João Braga Fernandes, que já havia assinado na semana passada o registro da chapa do advogado Eduardo Araújo também subscreveu o protocolo da candidatura da auditora do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Michelle Ramalho, nessa quarta-feira. O dirigente, no entanto, no início da tarde desta quinta-feira, ao GloboEsporte.com, negou que havia assinado o apoio à candidata.
Por conta disso, inclusive, o dirigente registrou em um cartório da capital, uma revogação da subscrição, onde informa que só seria válida a sua assinatura no protocolo da chapa de Eduardo Araújo. João Braga Fernandes revelou ainda que havia assinado apoio para Nosman Barreiro e também para Sandro Gomes - filho de Rosilene Gomes - quando ambos demonstravam interesse de se candidatar nas eleições da FPF, marcadas para o dia 29 de setembro.
- O que aconteceu foi que muitos candidatos ficaram procurando meu apoio. Então eu assinei para Nosman e também para Sandro, mas para Michelle não. Depois, o advogado (Eduardo Araújo) veio falar comigo. E Nosman e Sandro não iam mais ser candidatos. Então eu assinei com Eduardo. Eu sei que eu não posso assinar para duas. Então eu não assinei para Michelle - comentou o dirigente inicialmente.

Revogação foi registrada em cartório — Foto: Reprodução
Se a revogação for aceita pela Comissão Eleitoral que vai analisar se as chapas cumpriram todos os requisitos estatutários, Michelle Ramalho ficaria com o apoio de sete clubes amadores que atualmente estão aptos para votar. Isso poderia colocar em xeque a candidatura da auditora, já que o apoio de oito clubes amadores ou ligas de futebol são necessários para validar a chapa. Ela tem ainda apoio de cinco ligas de futebol, mas nenhuma tem, até o momento, direito a voto.
Ainda no início da tarde desta quinta-feira, o GloboEsporte.com tentou entrar em contato com a candidata Michelle Ramalho, mas não teve as ligações atendidas inicialmente. Quem falou com a reportagem foi o presidente do Serrano-PB e coordenador da campanha da auditora do STJD, Otamar Almeida. Segundo o dirigente, o presidente do Boa Vista estava mentindo.
- Eu não estou entendendo por que o (João) Braga falou isso. Porque ele assinou esse apoio comigo, ao lado de Tyrone (outro filho de Rosilene Gomes). Estou indo agora na casa dele, inclusive, para saber por que ele está mentindo. Claro que ele sabia que a assinatura dele era para Michelle. Sandro não iria ser candidato - argumentou.
Regulamemento das eleições da FPF — Foto: Reprodução / FPF
A reportagem foi até a sede da FPF em busca de ter acesso aos registros das candidaturas de Eduardo Araújo e Michelle Ramalho, mas o interventor João Bosco Luz explicou que apenas os interessados no processo eleitoral - candidatos e filiados - poderiam acessar os documentos. No regulamento das eleições, divulgado pela entidade, no entanto, o parágrafo três do artigo 3º fala que “os pedidos de registro estarão disponíveis, na Sede da Federação Paraibana de Futebol, para consulta de qualquer interessado durante os dias 20 e 21 de setembro de 2018”.
Presidente recebe visita de candidatos e volta atrás
A quinta-feira foi realmente movimentada para João Braga Fernandes. Após a entevista concedida ao GloboEsporte.com, o dirigente recebeu as visitas de Michelle Ramalho e Eduardo Araújo. Ambos queriam esclarecer o apoio duplo. Após os diálogos, João Braga Fernandes entrou em contato com a reportagem e voltou atrás. Disse que havia se confundido.
- Olha, foram muitos candidatos falando comigo nas últimas semanas e eu não entendi direito. Mas assinei para Michelle também - comentou.
O GloboEsporte.com tentou entrar com contato novamente com Michelle Ramalho e a auditora do STJD também deu sua versão ao caso. Ela contou que o presidente do Boa Vista apoiou as duas candidaturas e revelou que o dirigente lhe confidenciou que seu voto de coração é em Eduardo.
Eduardo Araújo e Michelle Ramalho ao lado do interventor João Bosco Luz — Foto: Divulgação / FPF
- Eu vim falar com o João Braga porque eu não quero meu nome envolvido nessas polêmicas. Inclusive conversamos eu e o Eduardo com ele e esclarecemos. O próprio João disse que, no coração dele, o voto é em Eduardo. Então nós mesmos vamos tirar o apoio dele da nossa chapa - comentou.
De acordo com o regulamento das eleições, a Comissão Eleitoral tem até o dia 27 de setembro, dois dias antes do pleito, para homologar de uma vez as chapas aptas a concorrer nas eleições da FPF.

Globo Esporte PB
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador