Interventor convoca eleições na FPF e nomeia a Comissão Eleitoral para o pleito

 
Auditor do STJD, João Bosco Luz está na FPF justamente para organizar as eleições da entidade paraibana (Foto: Jorge Tripoli/CBF)
O interventor da Federação Paraibana de Futebol (CBF), João Bosco Luz, convocou novamente as eleições para a presidência da entidade estadual, após cancelar o primeiro chamamento, realizado pelo vice-presidente da FPF, Nosman Barreiro, que está suspenso. Agora, com o novo ato administrativo, o pleito da FPF foi marcado para o dia 29 de setembro.
A divulgação do edital foi feita nesta quinta-feira no site oficial da entidade, mas segundo a assessoria de imprensa da CBF o documento vai ser divulgado nos próximos três dias em um jornal impresso da cidade, conforme obriga o estatuto da instituição. Isso acontece um dia depois de Nosman Barreiro, que é pré-candidato à presidência, ter sido condenado em um novo processo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).
A partir de agora, as chapas que quiserem se inscrever para o pleito têm até o dia 19 de setembro para registrar as candidaturas. Para a Comissão Eleitoral deferir os pedidos, as chapas precisam apresentar a subscrição de apoio de 16 (dezesseis) agremiações, oito de clubes profissionais e oito de clubes não profissionais e/ou ligas, todas em pleno gozo de seus direitos estatutários.
Além da convocação das eleições, o interventor da FPF, João Bosco Luz, também nesta quinta-feira nomeou a Comissão Eleitoral que vai ser composta apenas por pessoas de outros estados, como foi prometido pelo dirigente goiano. Todos os integrantes são advogados. Fazem parte do grupo Bichara Abidão Neto, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio de Janeiro, Flávio de Albuquerque Moura, da OAB de Alagoas, e Rafael Teixeira Ramos, da OAB do Ceará.
A Comissão Eleitoral tem até o dia 31 de agosto de 2018 para publicar no site da FPF o Regulamento das Eleições, bem como o Colégio Eleitoral apto à votação naquela data. No dia da eleição - 29 de setembro -, a Assembleia Geral de natureza eletiva terá início às 10h, em primeira convocação, com a presença necessária de mais da metade das entidades filiadas para os trabalhos serem iniciados. Se não houver quórum, haverá a segunda chamada, às 11h, para qualquer número de filiados presentes. A votação começa imediatamente após a instalação da Assembleia Geral.
Foto: Reprodução/FPF
Globo Esporte PB
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador