FUTSAL: Brasil vence Argentina duas vezes e sai na frente na final da Liga Sul-Americana

Foto: Divulgação/APF
O Brasil saiu na frente da Argentina na final da Liga Sul-Americana de Futsal, competição que reúne partidas das seleções sub-19 e adulta. No início da noite, a equipe brasileira de novos goleou os rivais por 6 a 0, gols de gols de Israel, Arthur, Matheus, Leozinho, Evandro e Lucas Gomes. Mais tarde, foi a vez de o time profissional triunfar por 2 a 1, gols de Jamur e Vini - Basile descontou para os hermanos em Assunção.
Neste domingo, às 18h30, novamente em Assunção, os rivais voltam a se enfrentar em duas partidas, uma de cada categoria. Pelo regulamento do torneio, quem somar mais pontos ao final dos quatro jogos será o campeão, o que deixa o Brasil a um empate do título. A Liga Sul-Americana começou em 2017, reunindo todos os 10 países filiados do continente, divididos em dois módulos. O Brasil venceu o Zonal Norte, enquanto a Argentina faturou o Zonal Sul.
Garotos do Brasil dão show
No confronto sub-19, a seleção brasileira começou melhor e não demorou a abrir o placar. Quem inaugurou o marcador da partdia foi o pivô Israel. Aos sete, o Brasil chegou ao seu segundo gol. Após bobeada da defesa argentina, Evandro serviu Arthur, que só teve o trabalho de empurrar para a rede. Estava fácil. Aos 13, o time verde-amarelo chegou ao terceiro, com Matheus. Cinco minutos depois, Leozinho, em chute sem ângulo, ampliou para 4 a 0, placar da etapa.
Com a vitória bem encaminhada, a seleção brasileira tirou o pé do acelerador no segundo tempo. Aos dez minutos, o goleiro Dennis evitou o primeiro gol dos argentinos, ao defender chute à queima-roupa de Flores. A chance desperdiçada custou caro aos hermanos. Dois minutos depois, Evandro recebeu sozinho e tocou na saída do goleiro para fazer o quinto gol brasileiro. Aos 17, foi a vez de Lucas Gomes arrancar em velocidade e fechar a conta em 6 a 0.
Vitória apertada no adulto
No jogo de fundo, o Brasil - que atua com uma seleção B - saiu na frente aos cinco minutos do primeiro tempo, com um gol de falta de Jamur. A Argentina não se entregou e foi buscar o empate antes do intervalo. O autor do gol foi Santiago Basile, em cobrança de tiro livre direto. Os argentinos ainda tiveram a chance da virada na sequência. Após pênalti cometido por Suelton, Basile cobrou no meio, e o goleiro Careca fez a defesa.
O segundo tempo foi movimentado com as duas seleções buscando o gol. A melhor chance do Brasil nos primeiros 10 minutos aconteceu quando Gledson aproveitou uma saída errado do goleiro argentino e bateu da intermediária. A bola saiu rente ao poste. Aos 15, o Brasil, enfim, chegou ao segundo gol com Vini, em finalização de peito. Jogando com goleiro-linha, a Argentina partiu para cima nos minutos finais. Só que os brasileiros resistiram à pressão, segurando o resultado.

GE
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador