Conmebol abre processo contra Santos, e empate na Argentina pode virar derrota por 3 a 0

A Conmebol abriu procedimento contra o Santos nesta quarta-feira após a divulgação de uma possível escalação irregular de Carlos Sánchez na partida contra o Independiente, pela Libertadores.
O jogador uruguaio havia sido expulso em seu último jogo por um torneio continental - ainda com o River Plate, contra o Huracán, na Copa Sul-Americana de 2015 -, mas não era possível saber se ele estava suspenso por mais de um jogo.
De acordo com a Conmebol, o Santos infringiu três artigos do Regulamento Disciplinar: 7.2 f), 7.2 j) e 19.
O artigo 7 trata de "Princípios de Conduta", e os parágrafos citados dizem: "Constituem, entre outros, comportamentos imputáveis e infrações sancionáveis os referidos princípios: f) não cumprir as decisões, direções ou ordens dos órgãos judiciais; j) inscrever no informe arbitral de um jogo ou escalar ao longo de uma partida um atleta não elegível para disputar a mesma".
Já o artigo 19 fala da "determinação do resultado de um jogo por responsabilidade ou negligência de uma das equipes".
Com isso, o resultado da partida de terça-feira - 0x0 na Argentina pela ida das oitavas de final da Libertadores - pode tornar-se um 3x0 para o Independiente.
Carlos Sánchez fez sua estreia na Libertadores exatamente diante do time de Avellaneda, e o Santos alega que não havia nada no sistema da Conmebol que indicasse a impossibilidade de escalação do jogador uruguaio.

ESPN.com.br
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador