Após comemoração de gol que garantiu acesso do Treze a Série C, atletas do Caxias provocam corre corre e confusão no RS

Caxias do Sul, RS, 08 (AFI) - O duelo entre Caxias-RS e Treze-PB, válido pela volta das quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, quase termina em tragédia no Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS). Pouco antes do apito final, que decretou o acesso do time paraibano, os times entraram em confronto ainda no campo e o duelo precisou ser encerrado antes mesmo dos 90 minutos.
A confusão começou após o terceiro gol do Treze, marcado aos 40 minutos do segundo tempo com Dedé. O meia foi comemorar com a torcida paraibana que estava atrás do gol. Os jogadores do Caxias não gostaram e provocaram a confusão.
O lateral Silva, do Galo, saiu correndo no meio da briga e acabou atingido por jogadores da equipe grená, que iniciaram uma perseguição ao lateral por todo o campo.
Escondido nos vestiários:
Depois de quase atravessar o campo, o lateral se escondeu nos vestiários. Um gandula ainda tentou acertar o jogador, mas foi parado por Nilson, que trocou socos e chutes com o funcionário do Caxias.
Com a polícia no gramado, os jogadores do Treze se dirigiram ao vestiário e o árbitro Ricardo Marques Ribeiro foi obrigado a encerrar o jogo após oito minutos de confusão.
Inconformada com o resultado e com o final melancólico, a torcida do Caxias atirou pedaços de paus e outros objetos dentro do campo e aumentou ainda mais o clima de tensão no estádio. 

Futebol Interior
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador