Paraibano pentacampeão brasileiro de Rali é preso suspeito de encomendar morte do sogro

 
Dez anos após o seu último título brasileiro, piloto Tony Almeida é preso suspeito de encomendar a morte do sogro (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Pentacampeão brasileiro de rali 4x4, o paraibano Tony Almeida foi preso na manhã desta quinta-feira, suspeito de ser o mandante do assassinato do empresário Arnóbio Ferreira Nunes, de quem era genro, para faturar parte do inventário de R$ 70 milhões. Homicídio aconteceu em novembro de 2017 e vítima tinha 77 anos.
Arnóbio Ferreira Nunes foi morto após ser baleado quando chegava na construtora, localizada no bairro de Manaíra, em que era um dos sócios. Após um longo período, o inquérito policial aponta que a morte do empresário tenha sido emcomendada.
Segundo o delegado Aldrovilli Grisi, Tony Almeida teria desembolsado uma quantia de R$ 120 mil para arquitetar todo o crime. Vale ressaltar que o próprio genro colaborou com as investigações, pois esteve na Central de Polícia pelo menos em três oportunidades, com o objetivo de apontar novos direcionamentos para o caso.
Tony Almeida é pentacampeão brasileiro de rali 4x4, com destaque para a década passada, quando foi primeiro colocado em diversas etapas dos circuitos. Inclusive, permanecendo como número 1 do ranking por cinco anos. A sua última conquista, porém, foi em 2008. 

Globo Esporte PB
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador