SÉRIE A: Magrão brilha e Sport bate Palmeiras no Allianz Parque

 
Jogadores do Sport comemoram gol na vitória sobre o Palmeiras (Foto: RICARDO MOREIRA)
O Sport foi fatal no segundo tempo e ainda contou com o brilho do goleiro Magrão, que defendeu um pênalti de Keno no último lance e garantiu os três pontos. Nas três chances que teve, o Leão surpreendeu o Palmeiras e conquistou uma grande vitória pelo placar de 3x2, na noite deste sábado (26), na Arena Allianz Parque, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Com o resultado fora de casa, os rubro-negros voltaram a vencer após dois jogos, saltaram na tabela de classificação e subiram momentaneamente para a 6ª colocação, com 11 pontos. O próximo compromisso do Leão será contra o Atlético/MG, na quarta-feira (30), às 19h30, na Ilha do Retiro.
Com mais de 24 mil ingressos vendidos antecipadamente, o Verdão contou com o apoio vindo das arquibancadas e tentou aproveitar o calor da torcida para pressionar os rubro-negros. A proposta de jogo mais defensiva da equipe do técnico Claudinei Oliveira dificultou a vida dos donos da casa, que tinham mais a bola e trocavam passes procurando uma brecha no ataque. A marcação forte dos pernambucanos neutralizou as ações dos alviverdes. A primeira grande chance foi só aos 27 minutos, quando o lateral-direito Marcos Rocha bateu uma falta para dentro da área, o zagueiro Antônio Carlos subiu mais alto e cabeceou a bola com força, mas o goleiro Magrão salvou com uma defesa espetacular. Em seguida, o atacante Keno arriscou de perna esquerda e o forte chute saiu por cima do gol do camisa 1 do Leão.
A pressão do Palmeiras surtiu efeito e matou a estratégia dos visitantes, que se preocuparam mais em marcar e não conseguiram criar jogadas de ataque. Na terceira chegada seguida, o lateral-direito Diogo Barbosa recebeu a bola do meia Lucas Lima, bateu cruzado e o atacante Keno, oportunista no lance, escorou para o fundo das redes do goleiro Magrão: 1x0. Além da vantagem no placar, os paulistas não sofreram ameaças do Sport e foram para o intervalo com a vitória parcial.
No prejuízo, os rubro-negros voltaram para o segundo tempo com outra postura. A entrada do atacante Rogério no lugar do volante Neto Moura deu velocidade ao time. Depois de um chute de fora da área do volante Felipe Bastos, o goleiro Jailson espalmou para escanteio e o Leão aproveitou a bola parada para deixar tudo igual. Em cobrança do meia Marlone, o volante Anselsmo cabeceou a bola no travessão, mas no rebote finalizou para as redes e empatou o jogo logo aos cinco minutos. Com 1x1 no placar, o ritmo da partida diminuiu na Arena Allianz Parque, mas, mesmo com chances raras, o confronto estava em aberto. Aos 27 minutos, o meia Marlone rolou a bola para Anselmo, que invadiu a área e, após pasar pelo volante Bruno Henrique, chutou no cantinho do goleiro Jaílson para virar a partida.
A alegria do Sport durou menos de dez minutos. Aos 36 minutos, o Hyroan bateu colocado de fora da área, o goleiro Magrão ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol de empate: 2x2. Com o resultado igual, os minutos finais ganharam emoção. E aos 41, o atacante Rafael Marques tirou proveito da cobrança de escanteio e, bem posicionado, cabeceou para as redes. No último lance do duelo, o lateral-direito Raul Prata puxou o atacante Dudu pela camisa dentro da área e o árbitro marcou a penalidade sem pensar duas vezes. Além disso, aplicou o segundo cartão amarelo e o jogador foi expulso. O atacante Keno pegou a bola, bateu rasteiro no canto esquerdo e o goleiro Magrão foi gigante. Defendeu a cobrança e garantiu a grande vitória pelo placar de 3x2, em São Paulo.
Ficha do jogo
Palmeiras 2

Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Hyroan); Dudu, Keno e Guerra (Papagaio). Técnico: Roger Machado.
Sport 3
Magrão; Cláudio Winck (Raul Prata), Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Neto Moura (Rogério), Fellipe Bastos, Gabriel (Carlos Henrique) e Marlone; Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.
Local: Allianz Parque (São Paulo).
Gols: Keno (aos 28 minutos do 1T) e Hyroan (aos 36 minutos do 2T); Anselmo (aos 5 e aos 27 minutos do 2T) e Rafael Marques (aos 41 minutos do 2T).
Cartões amarelos: Felipe Melo, Diogo Barbosa, Marcos Rocha, (Palmeiras); Anselmo, Ernando e Raul Prata (2) (Sport)
Cartão vermelho: Raul Prata (Sport)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Assistentes: Hélcio Araújo Neves e Heronildo Freitas da Silva (ambos do PA).

Folha PE
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador