COPA DO NORDESTE: Botafogo-PB perde para o Náutico na Arena Pernambuco e decidirá classificação no Almeidão

Na Arena Pernambuco, na noite desta quinta-feira (22), Náutico e Botafogo-PB se enfrentaram pela quinta rodada da Copa do Nordeste. A vitória do Timbu por 1 a 0 deixou a situação completamente indefinida no Grupo C com relação a classificação.A decisão do Grupo C fica para a próxima quinta-feira (29). O Botafogo-PB recebe o Bahia no Almeidão, enquanto o Náutico vai até o Albertão, em Teresina, para
Jogando com um time repleto de reservas, o Náutico fez o dever de casa e venceu o Botafogo-PB por 1 a 0, mantendo-se com chances de classificação na Copa do Nordeste. O único gol da partida na Arena de Pernambuco foi marcado por Rafael Assis, no primeiro tempo.
Apesar da derrota, o Belo segue na liderança do Grupo C e segue dependendo de um ponto para se classificar.
Para o Náutico, a classificação passa obrigatoriamente por uma vitória sobre o Altos. Em caso de empate no jogo de João Pessoa, o Timbu precisaria vencer por quatro gols de diferença para se classificar, ultrapassando o Bahia no saldo de gols. Já se houver um vencedor no Almeidão, bastaria uma vitória simples em Teresina.
Com um time alternativo, o Náutico deu as cartas no primeiro tempo. Tanto que, além do gol marcado por Rafael Assis, ainda mandou duas bolas na trave do goleiro Saulo. O Botafogo-PB, por sua vez, esteve em uma noite pouco inspirada e só conseguiu alguma coisa nas jogadas de Dico pela esquerda - na melhor delas, o zagueiro Camutanga desviou o cruzamento e só não marcou gol contra porque Bruno salvou. O lance que decidiu a partida aconteceu aos 35 minutos. Rafael Assis fez linda jogada individual e soltou a bomba da entrada da área. Golaço, sem defesa para Saulo.
Precisando do empate, o Botafogo começou a segunda etapa sem criatividade. Com Marcos Aurélio bem marcado, o time paraibano não teve criatividade para chegar ao gol adversário.O Náutico, por sua vez, controlou bem a partida a espera de um contra-ataque que pudesse definir o jogo. Ainda assim, foi um segundo tempo de poucas emoções. Só na parte final, na base do abafa, é que o Belo chegou mais perto do empate, especialmente em dois escanteios cobrados por Marcos Aurélio que levaram perigo. Aproveitando os espaços, o Náutico teve a bola que tanto esperou nos pés de Tharcysio, mas o goleiro Saulo evitou o segundo gol já nos acréscimos.

PB Agora
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador