Causos & Lendas do Nosso Futebol: As mãos abençoadas de Zominha

Ele é uma figura bastante conhecida do público desportista do estado, principalmente da grande torcida botafoguense, pois acaba de completar trinta anos de bons serviços ao alvinegro da estrela vermelha.
Ermírio de Souza Lima Filho, o popular "Zominha" ,iniciou a sua carreira profissional de Massagista no ano de 1979 como auxiliar do saudoso Adalberto Lima, recentemente falecido e que também marcou época no nosso futebol, principalmente no Campinense Clube.
"Zominha" não fez nenhum curso ou especialização para exercer a profissão que tanto ama, ele é autodidata e seguiu as orientações e ensinamentos do mestre Lima. Passou por várias equipes do estado, como o Santa Cruz de Santa Rita, Treze e Campinense da Rainha da Borborema, e o Auto Esporte da capital. Também trabalhou fora da Paraíba, no Capela de Alagoas e no Baraúnas de Mossoró-RN.
Mas quando foi no dia primeiro de maio do ano de 1986, "Zominha" passou a fazer parte da família botafoguense e sua exitosa carreira na Maravilha do Contorno continua até os dias atuais. No Belo ele foi campeão várias vezes da primeira divisão, podemos aqui relacionar os títulos de 1986 e 1988, 1998 e 1999, 2003, 2013 e 2014. Viu e exerceu as suas funções com o clube na primeira divisão do campeonato brasileiro e em importantes torneios.
Acompanhou diversas promessas da base que viraram realidade no time profissional. Conviveu e ajudou na recuperação de vários jogadores importantes e de várias gerações do clube, como W. Luiz, Pedrinho, Maurício Cabedelo, Missinho, Gerson, Cassio, Agnaldo, Betinho, Dentinho, Lenilson, Frontinni, Genivaldo, Doda, Aidar, Warley e tantos outros que honraram a camisa e contribuíram com a história do clube.
Esses craques, defensores ou atacantes, antes de entrarem em campo e alegrarem a imensa torcida paraibana, passaram pelas mãos milagrosas desse profissional que seguindo as orientações do médico do clube realiza massagens recuperando os mesmos de pancadas, quedas e agressões físicas de um modo geral.
Ele cita e recorda os tempos ruins no clube, quando faltava estrutura, havia atraso de pagamento e escassez de títulos ; quando perguntamos a ele as alegrias que o futebol lhe proporcionou, ele diz que foram várias e muitas, podendo aqui citar a inesquecível campanha do título brasileiro da série "D", conquistado de forma inédita pelo Botafogo Futebol Clube e consequentemente o acesso para a série "C".
Hoje, aos cinquenta e seis anos de idade, bastante experiente e vivido no mundo do futebol, "Zominha" pretende continuar se aperfeiçoando e trabalhando no Belo, pois faz o que gosta e se identifica com o clube e a sua fiel torcida. Ele me disse que já recebeu convites para trabalhar em outras agremiações - da Paraíba e de outros estados - mas prefere permanecer na família botafoguense que tão bem lhe acolheu.
Por tudo que fez com dedicação e zelo, o Massagista "Zominha" escreveu o seu nome com tintas perpétuas e douradas na história do futebol paraibano.

Serpa Di Lorenzo
Auditor do TJDF PB e da ACEP e APBCE
falserpa@oi.com.br
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador