Causos & Lendas do Nosso Futebol: Você lembra de Edmundo

Ele nasceu no dia 23 de janeiro de 1970, na cidade sertaneja de Itaporanga – PB; iniciou-se no futebol jogando em times de sua cidade, precisamente no Cruzeiro e no Ita Futebol Clube. Quando completou dezenove anos, resolveu se profissionalizar e foi jogar no Esporte Clube da cidade de Patos, disputando o campeonato paraibano de profissionais.
Em 1993, Raimundo Clementino da Silva, o popular “Edmundo”, foi transferido para o Vila Nova, de Minas Gerais. Em 1995 ele marcou 16 gols, foi o artilheiro e campeão da segunda divisão mineira. Os seus gols chamaram a atenção do Cruzeiro, de Belo Horizonte, que o contratou, e com a camisa estrelada o nosso centroavante foi campeão do estado e da Copa do Brasil, títulos conquistados em 1996.
Em 1997, Edmundo vestiu a camisa do Esporte Clube Bahia, sendo campeão daquele estado no ano seguinte, em uma disputada final contra o histórico concorrente Vitória. No ano de 1999, o artilheiro foi jogar no Paraná Clube, depois no Sampaio Correia, do Maranhão, e em seguida desfilou por várias equipes do país e do estrangeiro, pois também jogou em uma equipe do Líbano.
Quando retornou ao país, Edmundo ainda jogou em vários times, até assinar contrato com a equipe paraibana do Nacional de Patos, em 2007, e ser campeão e artilheiro da maior competição do futebol paraibano com 18 gols marcados.  Já em 2008, ele vestiu a camisa do Ypiranga, da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, interior de Pernambuco, e foi o vice-artilheiro daquele estado vizinho, marcando 12 gols.
O dinâmico presidente Aldeone Abrantes, acreditou no potencial do centroavante e levou o mesmo a comandar o ataque da equipe do Sousa Esporte Clube, no ano de 2009. Mais uma vez o nosso craque foi artilheiro e o Dinossauro campeão da competição, quando estufou as redes adversárias por 18 vezes.
Edmundo também vestiu a camisa do Campinense Clube, quando disputou a Série  "B" e a "C", no ano de 2009. Em 2010 e 2011, ele estava na maravilha do contorno, dando alegrias aos torcedores do Botafogo Futebol Clube. Com as cores do Belo ele foi vice - campeão, em 2010, e marcou 24 tentos, sagrando-se artilheiro do paraibano pela terceira vez, feito até a presente data não conseguido por nenhum outro jogador.
Em 2012, com a camisa do Esporte Clube de Patos, o nosso homenageado pendurou as suas famosas chuteiras, e retornou para a sua querida cidade de Itaporanga, onde tudo começou.
Para nós, torcedores, cronistas e desportistas, ficou a certeza, de que Raimundo Clementino da Silva, o popular e artilheiro “Edmundo”, escreveu o seu nome com tintas douradas e perpétuas, na belíssima história do futebol paraibano.

Francisco Di Lorenzo Serpa
Membro da API, UBE e APP
falserpa@oi.com.br 
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador