Ex-presidente do Marilia Atlético Clube foi preso pela PF no interior de SP

O ex-presidente do Marília Atlético Clube (MAC), Hely Bíscaro, foi preso ontem pela manhã por agentes da Polícia Federal. O advogado e ex-vereador foi condenado a quatro anos e oito meses por crimes de apropriação indébita previdenciária e de sonegação de contribuição previdenciária, no período entre julho de 1995 e abril de 2000, quando comandou o Alviceleste, além do pagamento de multa.
A ação penal do Ministério Público Federal diz que nesse período em que foi presidente, Hely “suprimiu contribuições sociais destinadas à Previdência Social, dinamizando várias condutas. A materialidade delitiva do crime em questão ficou evidenciada pelos autos da Representação Fiscal a estes apensados. De fato, segundo apurado pela auditoria fiscal realizada no Marília Atlético Clube, a entidade realizou vários pagamentos a segurados por serviços prestados de dezembro de 1999 a março de 2000, não incluídos na folha de pagamento dos meses respectivos. Além disso, entre 1995 e 2000, omitiu total ou parcialmente, remunerações pagas, já que informou salários pagos aos atletas contratados em valor diferente do real”.
O documento cita também que a contabilidade do MAC não espelha o registrado nas atas do Conselho Deliberativo. “Da ata de reunião Ordinária do Conselho Deliberativo do clube, realizada em 27/03/1999, constou aprovação da prestação de contas da diretoria relativa ao ano de 1998, a qual apontou déficit de R$ 70.654,28, dos quais R$ 43.024,28 seriam provenientes de empréstimos ao clube feito pelo denunciado e por amigos dele, não identificados. Na ata de reunião Ordinária do mesmo conselho, realizada em 13/03/2000, registrou-se aprovação das contas relativas a 1999, que retrataram déficit do clube no valor de R$ 104.130,81, na sua totalidade relativo a empréstimos efetivados pelo denunciado e por amigos, igualmente não identificados.
Procurados pela reportagem JM, familiares disseram que o ex-presidente maqueano irá se pronunciar hoje sobre o caso, através de seu advogado. Hely Bíscaro teve três passagens como mandatário do Alviceleste: de 1989 a 1991, de 1995 a 2000 e sete meses em 2011.

Jornal da Manhã
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador