Gratidão, emoção e gols: Chapecoense vence Atlético Nacional pela Recopa Sul-Americana

Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
Com homenagens, música e futebol, Chapecoense e Atlético Nacional fizeram nesta terça-feira o primeiro jogo válido pela Recopa Sul-Americana. E após um pré-jogo emocionante, o time catarinense venceu a equipe colombiana por 2 a 1, na Arena Condá.
Reinaldo e Luiz Otávio marcaram para o clube brasileiro, enquanto Macnelly Torres descontou para os colombianos.
O duelo de volta será apenas em 10 de maio (quarta-feira), em Medellín, no estádio Atanasio Girardot, às 21h45 (horário de Brasília). O clube comandado por Vágner Mancini tem a vantagem do empate para levar a taça.
A Chapecoense volta a campo no domingo, dia 9, contra o Metropolitano, pelo Campeonato Catarinense. Já o Atlético Nacional entra em campo já na sexta-feira, quando encara o Millonários, pelo Colombiano.
Pouco mais de uma hora antes da bola rolar, ocorreu o chamado Show da Gratidão. Com a camisa do Atlético Nacional, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, agradeceu o carinho da equipe colombiana.
Em seguida, o prefeito de Medellín, Frederico Zuluaga, foi ao gramado com a camisa da Chapecoense para homenagear a torcida.
Os jogadores Jackson Follmann, Alan Ruschel e Neto também fizeram declarações aos torcedores presentes na Arenda Condá. O jornalista Rafael Henzel, outro sobrevivente da tragédia do dia 29 de novembro de 2016, também estava no campo.
Nas arquibancadas, a maioria dos torcedores vestia uma camisa branca.
Ocorreu também a apresentação de uma música para simbolizar o momento: Dia Especial, de Duca Leindecker, que fez a performance ao vivo. No campo, bandeirões com os escudos do Atlético Nacional-COL e da Chapecoense também foram estendidos.
A Chapecoense abriu o placar da partida aos 24 minutos do primeiro tempo. Depois de João pedro fazer boa jogada e chutar, a bola pegou no braço de Bocanegra, e o árbitro assinalou o pênalti.
Na cobrança, o lateral esquerdo Reinaldo colocou no canto direito do goleiro Armani e fez 1 a 0.
Na segunda etapa, o Atlético Nacional seguiu com mais posse de bola e conseguiu o empate com um golaço. Aos 13 minutos, Macnelly Torres puxou do pé direito para o esquerdo e acertou um lindo chute para fazer 1 a 1.
Mas, 15 minutos depois, o time catarinense conseguiu o desempate.
Reinaldo cobrou escanteio e o zagueiro Luiz Otávio, no meio da área, cabeceou para fazer o segundo e garantir a vitória para a Chapecoense.
FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE 2 X 1 ATLÉTICO NACIONAL-COL
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 04 de abril de 2017, terça-feira.
Horário: 19h15 (de Brasília).
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR).
Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Roberto Cañete (PAR).
Cartões amarelos: CHAPECOENSE: Apodi. ATL. NACIONAL Bocanegra, Diego Arias e Alexis Henríquez.
GOLS:
CHAPECOENSE: Reinaldo, aos 24 minutos do 1T, e Luiz Otávio, aos 28 minutos do 2T.
ATLÉTICO NACIONAL: Macnelly Torres, aos 13 minutos do 2T
CHAPECOENSE: Arthur Moraes; João Pedro, Douglas Grolli (Luiz Otávio), Nathan e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio (Noisés Ribeiro) e Dodô; Arthur, Rossi e Túlio de Melo (Wellington Paulista). Técnico: Vagner Mancini
ATL. NACIONAL: Armani; Bocanegra, Nájera, Alexis Henríquez e Farid Díaz; Bernal (Mosquera), Diego Arias, Mateus Uribe, Macnelly Torres e Jhon Mosquera; Dayro Moreno (Aldo Ramírez). Técnico: Reinaldo Rueda

ESPN
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador