Devido grave crise no clube, presidente e vice do América-RN renunciam

Beto Santos não é mais o presidente do América-RN (Foto: Divulgação)
Diante da grave crise em que o América-RN se encontra, eliminado da Copa do Nordeste, na lanterna do segundo turno do Potiguar e na Série D do Brasileirão, o presidente Beto Santos e o vice José Medeiros deixaram o comando do clube na tarde desta sexta-feira (31). O mandatário escreveu uma carta, divulgada nas redes sociais do Mecão, declarando sua renúncia ao cargo.
Beto alegou estar sendo vítima de agressões, inclusive em sua casa e a seus familiares, e está disposto a ajudar o próximo presidente do clube. Reiterou deixar o cargo com os salários em dia, e também lembrou que nos últimos 20 anos, 12 presidentes não ficaram até o final do mandato.
Confira a carta na íntegra:
“Pelo bem do América
É com este sentimento e com este objetivo que comunico a minha decisão de renunciar ao posto de presidente executivo do América Futebol Cube.
Pelo bem do América sempre atuei e sempre atuarei.
Mas minha permanência no cargo para o qual fui eleito perdeu o sentido. As agressões de que tenho sido vítima chegaram a um ponto incontornável: a minha casa e a minha família.
Não serei empecilho para o América Futebol Clube. Se existe alguém que reúna melhores condições de fazer com que o clube reaja e saia da situação em que se encontra, estarei disposto a fazer o que for possível para ajudar. Sempre pelo bem do América.
Devo dizer que o América deve ser repensado, tanto na parte deliberativa quanto na executiva. Até mesmo pelos próximos presidentes que terão pela frente as mesmas dificuldades que enfrento desde o final de 2015.
É preciso esclarecer que, mesmo enfrentando o pior orçamento do América em toda a sua história, deixo a presidência do Clube sem qualquer atraso de salário, desde o início de nossa gestão, e sem nenhum compromisso em aberto com os jogadores e funcionários.
Se os resultados não surgiram dentro de campo esta responsabilidade deve ser compartilhada pela diretoria e atletas.
As interferências de todo tipo mostram que o jogo de vaidades não pode ser maior do que os interesses do América Futebol Clube. Com a minha renúncia são 12 presidentes em duas décadas que não terminaram seus mandatos. Isso merece uma profunda reflexão dos americanos. Precisamos de mudanças internas rápidas. Somente a saída do presidente e do vice não resolverá estes problemas internos.
A todos os americanos, especialmente aos torcedores, peço minhas desculpas por não ter conseguido realizar aquilo a que me propus, dentro de campo.
Deixo a presidência mas não deixo de ser americano. E se for preciso contar com a minha ajuda, estarei sempre disposto a colaborar.
Pelo bem do América, Beto Santos”

Esporte Interativo
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador