Atacante é expulso, agride massagista e causa pancadaria no interior de SP

O atacante Anderson Cavalo, do Votuporanguense, transformou o empate sem gols com o Red Bull Brasil, neste sábado (01), em uma briga generalizada. Ele foi expulso após dar cabeçada em um adversário, agrediu um massagista ao deixar o campo e seguiu para o vestiário trocando socos com outro integrante da comissão técnica rival.
O jogador levou o cartão vermelho aos 17 minutos do segundo tempo por "desferir uma cabeçada" no zagueiro Willian Magrão, segundo escreveu na súmula o árbitro Clayton de Oliveira Dutra. Ao deixar o campo, Anderson Cavalo deu um soco no rosto do massagista que estava atrás do gol, e aí o tempo fechou.
Jogadores e integrantes da comissão técnica de ambos os times correram para o local, mas ninguém desgrudou Anderson Cavalo de um outro massagista. A dupla se agarrou e trocou socos escada abaixo, em direção aos vestiários.
A confusão só terminou 16 minutos depois com a intervenção da Polícia Militar. O acabou com um atleta de cada lado levando o vermelho. O saldo de expulsões das comissões técnicas foi maior: um médico, um preparador físico e um massagista do Votuporanguense; e um auxiliar técnico, um massagista e um preparador físico do Red Bull Brasil.
O Votuporanguense lidera o grupo 7 da Copa Paulista com sete pontos, enquanto o Red Bull é terceiro tem três. As equipes têm reencontro marcado para sábado (08), pela quarta rodada, desta vez no Moisés Lucarelli, em Campinas-SP. Anderson Cavalo, o pivô da confusão, cumpre suspensão e não joga. 

UOL
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador