Botafogo-PB empata em 0 a 0 com Ceará no PV e avança na Copa do Brasil

Foto: Kid Júnior/Agência Diário
Ceará e Botafogo-PB se enfrentaram no jogo de volta pela Copa do Brasil, no estádio Presidente Vargas. Nesta quarta-feira, mais de 10 mil torcedores viram um empate sem gols. O Belo chegou com a ótima vantagem de três gols, ainda do primeiro jogo, no Almeidão. Assim, chegou com a missão de segurar o resultado e garantir classificação para a próxima fase da competição. A equipe cearense deu trabalho, foi bem na ofensiva, mas não foi o suficiente para tirar o resultado dos visitantes.
Pela série B, o Ceará encara o Vila Nova no próximo sábado (23), a partir das 16 horas. No domingo, o Belo recebe o Salgueiro no Almeidão, a partir das 19 horas. Pela Copa do Brasil, o adversário do Botafogo-PB ainda será definido através de sorteio.
O jogo
Um primeiro tempo movimentado. Isso, ninguém pode negar. Dentro de campo, um Ceará que correu, brigou, mas não escapou do bom posicionamento da defesa adversária, que soube marcar. O alvinegro cearense tentou pela direita, por onde criou as melhores chances.
Aproveitando o espaço do time adiantado, o Belo puxou contra-ataques com velocidade e levou perigo ao gol de Éverson. Marcinho, Plínio e Rodrigo Silva comandaram as ações da equipe visitante. Apesar da vantagem confortável, a equipe de Itamar Schulle não diminuiu o ritmo. Bem organizado, o plantel paraibano soube atacar sem tirar atenção da defesa. O Vovô também insistia no ataque com Robinho, Serginho e Caio César, mas não acertou o pé. Sem ajuste na finalização das duas equipes, onde pesou também o equilíbrio, o jogo terminou sem gols na etapa inicial.
O Belo começou tocando a bola com mais facilidade, impondo velocidade. Mas o Ceará, apesar do pouco tempo e da desvantagem, foi para cima. A equipe de Sérgio Soares mostrou garra em campo e com a entrada de Alex Amado no lugar de Caio César, ganhou mais mobilidade pela lateral. O goleiro Michel levou bons sustos com Robinho e Amado, mas fez grandes defesas. Recuado, o Belo se defendeu como pode e viu o adversário que precisava de no mínimo três gols para forçar os pênaltis, perder muitas chances. Mas não demorou muito para o Botafogo-PB despertar e criar outras oportunidades. Sem muito trabalho para Éverson. A equipe só se defendia e, a cada minuto sem gols, eliminar o alvinegro cearense, que estreou o novo uniforme.

Por GloboEsporte.com
Fortaleza, CE
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador