GOLEADA HISTÓRICA: Indi Native, time da 3ª divisão do Equador perde de 44x1

Sete a um foi pouco. Duvida? Pois bem: na terceira divisão do Equador, neste final de semana, o Pelileo goleou o Indi Native por inacreditáveis 44 a 1. Isso mesmo, 44 a 1. 
Só um jogador foi responsável por balançar as redes 18 vezes!
O placar pode ser confirmado pela FIFA como a maior goleada da história do futebol entre clubes – desconsiderando uma marmelada em Madagascar em 2002, quando uma partida acabou 149 a 0, mas porque um dos times, em protesto contra a arbitragem, começou a marcar gols contra propositalmente um atrás do outro. Sem considerar isso, o placar de 36 a 0 entre Arbroath e Bon Accord, em 1885, é o maior entre clubes conforme a entidade máxima do futebol.
O massacre se explica com alguma facilidade, embora a incredulidade possa continuar. O Pelileo é um clube profissional e que por pouco não subiu para a segundona na temporada passada, ao passo que o Indi Native é um clube indígena amador, com pouco tempo de experiência no futebol.
No primeiro tempo, os mandantes marcaram 24 gols. Ao total, Carlos Manzano foi o goleador do confronto, com 18 tentos. Segundo Masaquiza foi o responsável pelo solitário gol dos visitantes.

Tribuna de Barras
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador