Francisco Diá minimiza derrota para Salgueiro, e diz que o importante foi a classificação

A partida desse domingo entre Campinense e Salgueiro foi marcada por muita emoção. Com a vantagem de perder por até um gol de diferença, o Rubro-Negro viu o Carcará crescer no jogo e abrir 2 a 0, levando então a partida para os pênaltis. O alívio só veio aos 35 minutos do segundo tempo, quando o atacante Adalgiso Pitbull trombou com dois jogadores e chutou forte para vencer o goleiro Mondragon diminuindo o placar no Estádio Amigão e garantindo a vaga para a Raposa.
Francisco Diá lembrou do retrospecto favorável do Campinense diante do Salgueiro em 2016, no qual em quatro partidas entre as duas equipes, a Raposa venceu em três oportunidades.
-  Foi uma classificação contra uma equipe muito forte. Nós sabíamos que o segundo tempo ia ser muito difícil, já que o time deles dificultou bastante, especialmente após o gol no primeiro tempo. Por isso coloquei o Chapinha e o Pitbull, tendo em vista que Roger e Sobral estavam muito desgastados. Porém, o mais importante é que conseguimos o objetivo que era a classificação - declarou Diá.
Na semifinal, a equipe do Campinense enfrenta o Sport Recife, que eliminou o CRB, no sábado. Como a Raposa teve melhor campanha tem a vantagem de decidir a vaga para a grande final, no Estádio Amigão, no entanto as datas estão em definidas. A outra semifinal vai ser disputada por Bahia e Santa Cruz.

Foto: Reprodução / TV Paraíba
Portal Martir Esporte
Com Globoesporte
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador