Cinco cidades da Paraíba vão receber Centros de Iniciação ao Esporte

 
Maquete do CIE disponível no Ministério do Esporte
       (Foto: Reprodução / Ministério do Esporte)
A Paraíba foi contemplada com a construção de cinco Centros de Iniciação ao Esporte (CIE), que é um projeto do Ministério do Esporte para estimular o treinamento esportivo no Brasil. Os municípios de Bayeux, Campina Grande, João Pessoa, Patos e Santa Rita vão receber os polos esportivos, que têm o objetivo de oferecer noções de 13 modalidades olímpicas, seis paralímpicas e uma não-olímpica à comunidade em geral. Ao todo, 245 municípios em todo o país vão ser contemplados.
Em Campina Grande e Patos, vão ser construídos centros do modelo III, que são os maiores: 7.000m². João Pessoa e Bayeux vão receber polos do modelo II: 3.500m². E o centro de Santa Rita vai ser do modelo I: 2.500m². Todos os polos vão contar com ginásio poliesportivo (com arquibancada para 177 lugares) e área de apoio (administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia e sanitário público). As diferenças entre os modelos são que Campina Grande e Patos vão ter, além disso, estruturas de atletismo, enquanto que João Pessoa e Bayeux uma quadra externa descoberta.
Em Campina, o CEI vai ser erguido no bairro Liberdade; já em Patos, no bairro de Jatobá. João Pessoa, por sua vez, em Paratibe; e em Bayeux no bairro Aeroporto. O menor deles, em Santa Rita, vai ser em Tibiri 2.
Os modelos de CIEs foram escolhidos de acordo com o tamanho do terreno disponibilizado pelo município. Os projetos de arquitetura e engenharia dos CIEs serão fornecidos pelo Ministério do Esporte.
Ao todos, estão previstas para serem ofertadas nesses centros 13 modalidades olímpicas (atletismo, badminton, basquete, boxe, esgrima, ginástica rítmica, handebol, judô, levantamento de peso, lutas, taekwondo, tênis de mesa e vôlei), seis paralímpicas (esgrima de cadeira de rodas, goalball, halterofilismo, judô, tênis de mesa e voleibol sentado) e uma não-olímpica (futsal).
Modelo do CIE que vai ser erguido em Campina Grande e Patos
               (Foto: Reprodução / Ministério do Esporte)
 O objetivo dos CIEs, segundo nota do Ministério do Esporte, é ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de vulnerabilidade social das grandes cidades brasileiras. 
O projeto integra, num só espaço físico, atividades e a prática de esportes voltados ao esporte de alto rendimento, estimulando a formação de atletas entre crianças e adolescentes. Está prevista a contratação de aproximadamente 259 CIEs, com um total de investimento de mais de R$ 930 milhões.
As prefeituras tem até o dia 30 de dezembro de 2016 para dar início às obras. Após iniciadas as construções, o cronograma sugerido pelo Ministério dos Esportes para a conclusão é de 6 meses para os modelos I e II e sete meses para o modelo III.

Por GloboEsporte.com
João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador