Primeira Liga responde CBF e garante realização do torneio

Às vésperas do início da Primeira Liga, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) emitiu um comunicado oficial, assinado pelo presidente em exercício Antonio Carlos Nunes, vetando a competição. A Liga respondeu à nota da entidade garantindo que a programação será mantida e, portanto, o torneio será realizado.
“Com referência a Resolução de Diretoria publicada no dia de hoje pela CBF, informamos que ela em nada afeta a preparação e organização da Primeira Liga para os jogos desta quarta e quinta-feira”, começa a resposta da Primeira Liga.
A Liga garante a realização do campeonato com base nos artigos 16 e 20 da Lei Pelé. O parágrafo segundo do artigo 16 assegura que “As ligas poderão, a seu critério, filiar-se ou vincular-se a entidades nacionais de administração do desporto, vedado a estas, sob qualquer pretexto, exigir tal filiação ou vinculação”. Já o parágrafo quinto do artigo 20 certifica que “É vedada qualquer intervenção das entidades de administração do desporto nas ligas que se mantiverem independentes”.
No comunicado oficial, a Liga ainda alega que está sendo prejudicada comercialmente devido as tentativas de intervenção e proibição do torneio, mas mesmo assim diz seguir aberta ao diálogo com a CBF para constar formalmente no calendário da entidade para o ano de 2017.
Veja abaixo a nota oficial da Primeira Liga:
Com referência a Resolução de Diretoria publicada no dia de hoje pela CBF, informamos que ela em nada afeta a preparação e organização da Primeira Liga para os jogos desta quarta e quinta-feira. Como já extensamente explicado pela Primeira Liga, a entidade mantém uma posição jurídica e desportiva de independência das federações e da CBF, com base nos arts. 16 e 20 da Lei Pelé. Como consequência disto, não existe a necessidade legal de buscar-se prévia autorização para a realização dos jogos que estão programados até o dia 31 de março.
Primeira Liga e seus 15 integrantes vem sendo constantemente prejudicados comercialmente por sucessivas tentativas de intervenção e proibição de seus jogos. Tentamos dialogar a fim de buscar uma solução e inclusive havíamos recebido de parte da CBF, em mais de uma ocasião, uma garantia de não intervenção na Primeira Liga, o que hoje mostrou-se não ser verdade.
À Primeira Liga interessa dar uma resposta ao torcedor, que é o real motor do futebol nacional. Aguardamos todos os torcedores apaixonados por futebol em um dos 6 estádios que nesta quarta e quinta sediarão a nossa rodada inicial.
Independentemente de tudo isto, a Primeira Liga segue aberta ao diálogo com vistas ao enquadramento da competição no calendário oficial da CBF em 2017.

Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador